domingo, novembro 23, 2008

sem palavras

Estou sem palavras depois de um final de gravidez atribulado aqui estou eu... a olhar para o Gil na alcofa a dormir (ou será a fingir que dorme...)!

Sou a mãe mais babada do mundo e o pai também é o pai mais babado...não nos cansamos de ficar horas a olhar para o nosso filho... simplesmente a olhar...ele é lindo!!!

Agora para a história do parto... na quarta feira dia 19 fui ter com a minha GO às urgências da maternidade assim como tinhamos combinado para ver como estavam as coisas... na terça já tinha sentido algumas contracções mas como a minha GO na segunda me tinha dito que estava tudo muito atrasado nem liguei muito... na maternidade o CTG acusou contracções de 10 em 10 minutos... mas o colo do utero continuava alto... mas a médica disse-me que já não saía da maternidade sem o Gil nos braços!! Foi uma sensação que não sei descrever, emoção, ansiedade... eu sei lá...

Lá entrei para o nucleo de partos e fui ligada ao CTG ... as contracções evoluiram... passaram a ser de 5 em 5 minutos... mas o colo do utero continuava alto... foi nessa altura que minha GO decidiu por-me a soro de ocitocina a ver se isso ajudava a evolução para parto natural... eram 8 da noite e as contracções estavam de 2 em 2 minutos mas nada de dilatação ou de alteração do colo do utero...

A minha médica veio ter comigo e disse-me que achava que deviamos partir para cesariana... eu tinha dores, mas nada que não suportasse, mas também me apercebi que podia ficar uma semana com contracções que não era isso que ia fazer o Gil nascer... então lá concordámos e ficámos à espera da nossa vez no bloco de operatório...

Entretanto a anestesista veio ter connosco para falar do tipo de anestesia a fazer... eu disse-lhe que preferia epidural pois queria estar acordada quando o Gil nascesse... mas ela e a minha médica foram da opinião que era melhor anestesia geral por causa da punção lombar que tinha feito no inicio da gravidez e porque não queriam arriscar re-acender a infecção viral... e assim foi... a ultima vez que olhei para o relógio no bloco eram 20:53... às 21:07 nasceu o Gil, com 3.165Kgs e 49cm...

Só o vi já passava das 10 no recobro... onde a enfermeira me contou que o pai já tinha estado com ele ao colo a chorar... e depois lá vieram os meus dois amores o pai e o filho para o meu lado... e a única coisa que eu conseguia dizer era que não acreditava... que ele era lindo... estava sem palavras...

Agora estamos em casa desde sábado... embora o o Gil seja um bebé calminho temos tidos alguns altos pelo caminho... amamentar não está a ser fácil pois ele fica muito ansioso e não pega na mama quando tem fome... mas ontem tivemos a ajuda aqui em casa da Enfermeira do curso de PPP, que nos veio ajudar com algumas dicas para ele mamar melhor... e assim está a ser devagar... devagarinho... ele está a pegar melhor na mama... entretanto só tenho que dizer que abençoado seja quem inventou as máquinas de extracção de leite pois têm me salvo... deixo de ficar com tantas dores e o Gil (para além das primeiras 2 mamadas porque eu ainda estava KO da anestesia geral) só bebe leitinho da mãe...

Já temos imensas fotos como podem calcular... agora o tempo para as passar para o computadoré pouco... assim que der venho aqui deixar um miminho...

7 comentários:

Monisha disse...

Que bom que correr tudo bem!

Imagino-vos mto babadinhos mesmo!
O Gil de certeza que é um "boneco"

Desejo-vos o melhor... muito muitos bjinhos

Monisha disse...

Um à parte...

quero ver uma foto do Gil e quero saber tudinho da experiencia das fraldas reutilizaveis!!

bjs

Claudia Capela disse...

Simmmmmmmmmmmm.....
Queremos conhecer o Gil!

Espero que a recuperação esteja a correr bem.
Aproveita ao máximo todo o tempo com o teu filhote, que o tempo voa. O Afonso já está com um mês e ainda parece que foi ontem...

Beijinhos para os dois

Golfinho Filipa disse...

Que bom!! Que felicidade!!!

Um beijinho grande!

Vera disse...

Muitos, muitos parabéns!!! É muito bom ter um filho!!!Parabéns do coração!!!

Vilma disse...

São momentos únicos e a serem vividos de forma especial.
Aproveitem, mesmo com as dificuldades inerentes...!
Beijos a familia.

:))

Sara MM disse...

tudo está bem quando acaba bem, né?


bjss e bons leitinhos :o)