domingo, dezembro 05, 2004

Que bem que se está...

Humm... que bem que se está aqui em casa no quentinho... Hoje decidimos não sairmos de casa... o tempo está cinzento e chuvoso e nada convidativo para uma saída...
Nem quero pensar que amanhã já é segunda feira... não me apetece nada levantar cedo para ir para a Universidade... ainda por cima tenho uma reunião com os meus supervisores por causa dos meus últimos resultados no laboratório... acho que agora já só consigo pensar em férias... Já só faltam 11 dias... parece que nunca mais passam.
Sempre que se aproxima a altura de voltar a casa de férias fico impaciente e sem capacidade de me concentrar no trabalho como deveria... eu sei que isto parece muito mal, mas eu sou o que se chama "workaholic", adoro o que faço e vivo o meu trabalho com muita intesidade... já estou um pouco melhor agora, pois antigamente para além de trabalhar todos os dias da semana, acabava por trazer trabalho para casa, o que já é mais raro nos últimos tempo, talvez porque depois de me chamarem muitas vezes à atenção (obrigada amor!) apercebi-me que precisava de tempo longe do trabalho para descontrair, coisa que não estava a fazer... mas agora tenho-me portado melhor...
Bem... chega de maluquices por hoje... vou ligar as luzes da árvore de Natal que montei no primeiro fim de semana de Novembro (uma outra história para explicar num outro post um destes dias) e enrolar-me na manta que está no sofá juntinha ao meu amorzão... não há nada melhor...
Bom final de fim de semana
Jocas grandes

Ana Henriques

2 comentários:

Ana Rangel disse...

Como diria o meu sogro:
"Trabalha para viver, não vivas para trabalhar!"... :)

Já agora, reparei à pouco que falta uma letrinha no nome do link... eheheh! Harvardices!!! ;)

Beijinhos!

Ana disse...

Olá Ana, obrigado por me teres visto esse erro... ainda sou bastante nova nestas coisas dos blogs e existem sempre alguns erros...
Felizmente já não sou tanto "workaholic" como era... e o teu sogro tem razão... mas para pessoas que adoram o que fazem por vezes é complicado admitir que estão a levar as coisas longe de mais...
Tem um óptimo dia!
Jocas

Ana