terça-feira, março 15, 2005

Depois de uma longa ausência devido a trabalho no labortório voltei... com o cabelo cortado... muito cansada (parece que não me larga!)... e pronta para escrever...
Pois é agora é a minha vez de bater na mesma tecla... muitos dos blogues que visitei hoje, de uma maneira ou outra faziam comentários ao que foi escrito aqui neste blogue sobre filhos e quantos ter no fundo... comentei em muitos blogues, mas apercebi-me que por mais que comentasse nunca iria estar a dizer tudo quanto me vai na alma...
O blogue sugeria que erainjusto ter mais doque um filho, que o segundo nunca iria ser tão amado como o primeiro e que iria acabar por se recentir por não ser filho único, ou pelo menos foi essa a minha interpretação do texto...
Neste momento quero deixar o meu testemunho... não sou filha única... nem queria ser... sou a mais velha de 2 irmãs e adoro a minha irmã, sempre adorei, e sempre tentei fazer de tudo para a proteger...claro que tivemos alturas quando estávamos a crescer em que não nos entendiamos tão bem... mas nunca desejei ser filha única... aliás eu queria o contrário, queria ter mais irmão... Ambos os meus pais são filhos únicos... é bom pois temos a atenção dos avós toda para nós, mas não temos a alegria de ter primos, tios e a restante família... todos os anos o Natal fica um bocadinho mais triste, à medida que os mais velhos nos vão deixando... Com isto não quero dizer que não gosto do Natal em minha casa e com a minha família... mas gostava de poder ter tido uma familia maior...
Quanto a mim sei que gostava de ter 3 filhos pelo menos... o que eu gostava mesmo era de ter 4... mas ainda não convenci a minha cara-metade... sei que vais ser complicado e que terei que ter uma situação financeira muito estável... mas é para isso que estou a trabalhar agora (para poder fazer o que gosto e ganhar algum dinheiro para poder viver de maneira confortável)... Não gostava de ter só um filho acho que isso sim é injusto... pois assim nunca poderia experienciar a amizade e o amor de um irmão...
Tudo isto também para deixar aqui uma homenagem muito pequena à minha mana, minha sis...Adoro-te!!! Tenho imensas saudades... desde que vim para cá é uma das coisas com as quais mais tive de lutar, aprender a estar longe dela, a não falarmos todos os dias, a não poder protegê-la de todas as coisas más, pois no fundo ela é a minha pequenita (só temos 2 anos de diferença) que fugia para a minha cama em noites de trovoada e que convencia a fazer de tudo (inclusivé os trabalhos da escola dela!)... Tenho muito orgulho dela, pois está também a perseguir o seu sonho... com muita força, sozinha nos tempos maus e nos tempos bons... e eu só gostava de poder estar ao pé dela a partilhar todos os bocadinhos, as alegrias e as tristezas... Mas se tudo correr bem dentro em breve vou voltar e chateá-la sobre tudo e mais alguma coisa... Nem imaginam o orgulho que sinto... Sou mesmo uma irmã mais velha babada...
Bem por hoje vocês já devem estar fartos de ler baboseiras... Só vos desejo que tenham a sorte de ter uma irmã tão fixe como eu tenho...
Jokas a todos e até à próxima

Ana

11 comentários:

Costinhas disse...

3 vivas ara as manas mais velhas!!!

hip hip hurra!

Pronto não sei se se nota mas eu também sou irmã mais velha de 3!

hehehehe

Beijinhos
Sandra

bekas disse...

Oi Ana
eu sou a "menina" do meio. Tenho uma mana pequenina (ehehe, agora já com 27), que adoro, adoro, adoro.
Tenho um mano um pouco mais velho com o qual tive uma relação um pouco mais difícil na adolescência. Mas qd tudo isso passou passámos a dar-nos super bem!
Beijinhos

Someone Here disse...

E eu sou a mana mais nova mas concordo com tudo... Hihih. Beijocas.

Euroafricana disse...

É tão bom ter irmaos!!!
xi♥

Susana disse...

Sou a mais nova de três e adoro ter irmãos. Acho que ser único deve ser muito chato, mesmo.
Mas também estou como tu, que só tem uma tia (que não quer ter filhos) e, por isso, somos uma família pequena.
No entanto cresceu quando casei. Adoptei a enorme família do meu marido e agora somos muitos.
Mas quero que seja maior ainda...

Ana Rangel disse...

Eu tambem nao vivo sem a minha mana... e que bem que eu te entendo! :)

Beijinhos, aqui deste lado!

dinorah disse...

olá linda!
Também tenho andado meia desaparecida, sorry!
Sou filha de uma filha única que teve 4 filhos: rapariga, rapaz, rapariga, rapaz! Sou a terceira!
E ADORO!!

beijinhos

MIN disse...

Sou filha única, tenho uma filha, ainda única.... vamos ver como nos corre a vida!

rita disse...

hip!hip!urra!
pr'as mans mais velhas!
eu sou a mais velha de 3!
e conto ter 4 se a vida me permitir! mas nunca menos de 2!!
só pra deixar uma bejoca de um vadia sem palavras

Margarida Atheling disse...

Eu também sou a mana mais velha!
Um beijinho grande e apresado!

blogdabenedita disse...

Olá Ana, estou muito contente por teres entrado no meu blog. Sabes, eu vou ser a primeira filha a nascer mas os papás querem ter mais 3 ( se possível ).O meu pai só tem uma irmã ( mais velha ) mas a mãe tem uma autentica colónia , é que o avô é danado para a brincadeira ( já vão sete ).Portanto o que os pais gostam é de famílias grandes e alegres à portuguesa.
Sabes que a mamã ficou contente quando viu que tu estavas em Cardiff a estudar porque ela também esteve 3 meses em Liverpool através do Erasmus.
Continua a visitar o meu Blog porque estou mesmo quase a nascer( no máximo no dia 1 de abril )e depois vais-me conhecer no blog.
BEIJOCAS LAROCAS